sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Vakantie


Esta semana tivemos uma pausa na escola. Eles chamam as ferias de outono! Foram muito bem passadas. Domingo fui para casa da Maria passar uns dias. Segunda fomos ate AMSTERDAO. Cidade maravilhosa, adorei. Ja tinha saudades da confusao da cidade, dos carros, das pessoas, o transito de bicicletas! Parece que de cada vez que vejo coisas novas, tudo e diferente do que tinha visto ou ate imaginado anteriormente. Estava eu, a Maria e as minhas amigas de Texel, fizemos furor. Passeamos, visitamos uma especie de feira popular, fizemos compras... Diverti-me imenso, como sempre acontece quando estou com todas elas. Terca voltei para casa da Maria e fiquei la ate ontem. Ela tem uma familia super querida, muito prestaveis. Hoje estou por casa, esta um dia chuvoso e frio. Mesmo so para ficar por ca a descansar, a arrumar a casa e passar horas no sofa a ler ou a ver tv.


Esta semana tive o primeiro "desentendimento" com a minha familia de acolhimento. Como vivo num sitio pequeno as pessoas falam imenso da vida uma das outras, o que da aso a boatos e a mal entendidos, como e obvio. Acho que tenho lidado cada vez melhor com este tipo de situacoes. Claro que preciso dos conselhos dos meus pais em Portugal, e as vezes nao consigo enfrentar estas injutsicas sozinha, mas estou a aprender! Aqui apercebo-me do quanto e essencial sermos tolerantes e compreensivos, porque por tras de uma ma cara ou de um berro, ha sempre um porque. Estou a crescer, mas continuo a achar que tudo e perfeito, e quando aparecem estas situacoes, deixo-me ir demasiado abaixo.


TENHO OS MELHORES PAIS DO MUNDO :)


Rita Magalhaes

2 comentários:

betocas disse...

Minha fofinha linda ,fico contente por conseguires encontrar a TOLERANCIA, COMPREENSÃO logo encontrarás a Paz no TEU interior.Tudo fica muito mais claro e nitido .È só crescer.....
Estás a ficar uma PESSOA LINDA bjs muito grandes da MAMI que te adora

Inês Regalado disse...

Para começar, ainda bem que estás bem, nao que tivesse duvidas disso porque és das pessoas mais fortes e determinadas que eu conheço, e por isso acabarias por te dar bem em qualquer sitio. Seja ele em Portugal ou na Holanda. Depois, quero que saibas que as familias, sejam elas de acolhimento ou nao, entendem-se sempre. Nao te preocupes baby. Fazes-me falta, mais do que aquela que se pode por em palavras, nao me esqueço de como nos divertiamos, nao te esqueças tu também. Vou epserar por ti baby, e quando voltares vou ser a mesma para ti. *