segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Palavras? Para que?

De facto, nao ha palvras para descrever o fim de semana fantastico que passei com o pessoal da AFS. Ha muito tempo que nao me divertia tanto e me ria tanto como nestes tres dias. Diga-se que a viagem ate ao 'Stayokay'de Elst parecia interminavel: tinha que apanhar um ferryboat, um autocarro, dois comboios e outro autocarro! O que vale e que encontrava AFS'ers em todos os transportes. Comecei por ir sozinha e cheguei la com mais 15 pessoas! Fizemos montes de actividades divertidas, aprendemos um pouco mais de holandes, fizemos pequenas competicoes com jogos tradicionais (correr um uma colher e uma batata em cima ou comer uma tosta redonda e relativamente grande o mais depressa possivel e logo a seguir assobiar, imaginem a 'javardice' que foi) e tivemos varios debates sobre o que estamos a sentir, as primeiras impressoes, a nossa nova familia, os nossos novos amigos... Digo-vos que depois de ter ouvido todas as historias que ouvi eu nao tenho problema ABSOLUTAMENTE NENHUM com a minha familia na minha cidade. Ha pessoas que tem problemas desde pais que fumam droga, que ate tem uma plantacao de Canabis no jardim, ate irmas homossexuais que se atiram a qualquer uma. Enfim, um Mundo diferente com pessoas diferentes.

Dormimos em camaratas com cerca de 16 pessoas, rapazes e raparigas todos juntos. No meu quarto estavam Portugueses (Maria e Eu), Brasileiros, Venezuelanos, Tailandeses, Turcos, Chilenos... Como o meu pai diz parecia uma conferencia da ONU num so quarto! Como e obvio as camaratas so serviram para pousar as coisas e passar longas horas a conversar sobre tudo. Agora.. para dormir? o que e isso? ahah Foi uma verdadeira troca de experiencias e culturas.

Tinhamos cerca de 15 voluntarios (todos jovens) a orientar-nos e acreditem que fizeram um excelente trabalho. Conseguiram por toda a gente bem disposta mesmo depois de 48h sem dormir! Foram incansaveis e muito divertidos... Sabado a noite fomos todos para o pequeno pub do sitio onde estavamos e divertimo-nos imenso, dancamos ate cair. O mais divertido foi que todos alinhavam em brincadeiras, todos dancavam (incluindo volutarios) ninguem bebeu uma pinga de alcool! Quando o pub fechou la fomos nos fazer 'sala', primeiro numa salinha onde comemos e bebemos (coca cola ou 7up) e depois nas camaratas, onde estivemos ate as 7h da manha: uns a conversar, outros a dormir, outros simplesmente a ouvir musica e relaxar. Domingo foi um dia mais soft onde fizemos pequenas actividades e arrumamos e limpamos a sala de reunioes e as camaratas. Como eramos cerca de 60 pessoas, fizemos tudo aquilo num instante.

Foi sem duvida um fim de semana fantastico e marcante porque acreditem ou nao depois de mais de 48h com as mesmas pessoas.. temos amigos para a vida! Claro que isto e a minha perspectiva, porque ha pessoas que pura e simplesmente estiveram constantemente a reclamar e a dizer que so queriam ir para casa e outras ainda preferiam tar sozinhas ou a dormir... Tudo isto faz tambem parte da intercultura e de nos adaptarmos a diferentes situacoes.
Ainda nao tive tempo parapassar as fotografias para o computador mas prometo que amnha, quando escrever aqui, mostra as fotos mais importantes :D

Com estes pequenos (grandes) momentos continuamos a crescer, a enfrentar novas situacoes, a conhecer novas culturas, religioes e ate linguas (este fim de semana consegui falar portugues, portugues do brasil, espanhol, ingles, frances e ate um bocado de italiano - sem contar com o holandes claro). Sao pequenas (grandes) coisas que nos tornam mais maduros, independentes e orgulhosos de nos por termos tido coragem de estar aqui (ou em qualquer outro lado do mundo) sozinhos, com 16 ou 17 anos, longe de tudo e de todos, mas felizes e com a certeza de que ESTA E VAI CONTINUAR A VALER A PENA!

Maria Bravo, orgulho-me tambem de ti por me aturares durante tanto tempo, tanta coisa e tanta palermice! Adoro-te

Rita Magalhaes

4 comentários:

Ricardo disse...

Assim já gosto, estas a fazer o que mais gostas conviver e conhecer :) é assim que tens que fazer passar cada dia, alhando para os momentos bons e ignorares os maus :) amo-te princesa, faço tudo por um sorriso teu @

betocas disse...

Fofinha palavras para quê?
depois de ler a tua história
só tenho um comentário
desfruta desta experiência de vida
com a certeza que te amamos sempre toneladas de beijos MAMY

RuiMag disse...

Enfim Ritita, nada que já não tivesse previsto ("...um fim de semana daqueles")!!!!
Sabes, passaram 29 anos(ah! fantástico 79/80)mas há coisas que não mudam "jamais". Veio o telele, a Net, etc. etc., mas um fim de semana AFS é...
Verdade que se fazem amigos para a vida e isso é uma das razões porque existe o AFS.
O cansaço,os incidentes das viagens e tudo o resto são o que menos importa.
TEM SEMPRE CUIDADO CONTIGO.
papa

Maria Bravo disse...

ohhhhhhhhhhhhhhhhh! oh bebe aturarte?? tas louca!! como tu dizes foi pela afs que fiz uma amiga para a vida toda! tu meu amor!! houve sem palavras! gosto mesmo de ti,. swou capaz de ter mais saudades tuas do que de amigos portuguese!ehe
gosto mesmo de ti! reinamos miuda mesmo!